Quinta-feira, Outubro 21, 2021

Setúbal: Juventude Popular organiza recolha solidária de Natal

A Juventude Popular de Setúbal está a promover uma ação de solidariedade que terá lugar no próximo domingo, entre as 10h30 e as 12h30, na sede do partido, na Avenida de Angola. Trata-se de uma recolha solidária de vestuário e calçado, de homem, mulher e criança, com objetivo de ajudar as famílias carenciadas, apoiadas pela IPSS “O Sonho”.

Esta é a segunda recolha organizada pela Juventude Popular de Setúbal, tendo a primeira acontecido em setembro, no dia da cidade de Setúbal, e cujos donativos foram para o Centro de Apoio ao Sem Abrigo (CASA).

Desta vez, a entidade escolhida foi a IPPS “O Sonho” que depois de contactados pela juventude partidária, comunicaram que não trabalham só com crianças e que apoiam famílias, sendo toda a ajuda bem-vinda. Mostrar que o partido, com as ações de solidariedade não olha a quem dá, é também objetivo, uma vez que a instituição escolhida tem funções diferentes da anteriormente ajudada. Na visão da JP Setúbal a solidariedade não deve ter barreiras e as melhores escolhas são aquelas que permitam ajudar um maior número de pessoas, nas mais diversas condições sociais e laborais, que estejam desfavorecidas.

A JP como promotora desta causa tem o papel de ponte entre a sociedade civil e a entidade escolhida, uma vez que os donativos estão a ser pedidos, em campanha de divulgação já iniciada nas páginas das redes sociais Facebook e Instagram, a toda a população. É função da JP receber as doações, juntá-las e entregá-las, como forma de facilitar um processo que pode ser noutras instâncias, moroso.

“Esta ação pretende reforçar a ideia de que um partido deve estar ao serviço da sua comunidade e, sempre que possa, tem obrigação de se apresentar como um parceiro de todos os indivíduos e instituições que partilhem desse mote. Está nos planos desta concelhia efetuar recolhas solidárias deste género, ao longo de todo o mandato, seja de roupa ou de bens alimentares. Esta é a segunda e esperamos que tenha tanta ou mais adesão quanto a primeira, que foi muito positiva.”, explicou João Conde, presidente da juventude partidária centrista de Setúbal.

Outra questão a referir é o facto de que, qualquer ajuda por pouco que seja, é melhor que nada. “Aquilo que é pouco para nós, para outras pessoas pode fazer a diferença. A doação pode ser de poucas coisas e as pessoas não devem achar que para dar, têm de dar muito. Se todos dermos uma peça, no final vão ser muitas peças. E já que estamos à porta do Natal, podemos olhar para esta iniciativa como uma forma de melhorar o natal de alguém, de dar uma prenda a alguém. É preciso união, este ano mais ainda”, clarifica Marta Raimundo, vice-presidente da JP Setúbal.

A entrega à IPSS será realizada posteriormente, com a maior brevidade possível, e comunicada nas redes sociais da Juventude Popular de Setúbal, com uma nota de agradecimento.

Fonte: Juventude Popular Setúbal

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
114InscritosInscrever